Sejem Bem vindos

Esperando em Deus para Honra e Glòria do nosso Senhor Jesus Cristo, na esperança em satisfazer as vossas leituras espirituais, amen.

"O Senhor é o meu Pastor e nada me faltarà." (Salmos 23:1)

"E ha corpos celestes e corpos terrestres, mas uma é a gloria dos celestes e outra a dos terrestres." "Uma é a gloria do sol, outra é a gloria da lua e outra é a gloria das estrelas; porque uma estrela difere em glorias doutra estrela."(I Corintios 15:40-41)

"E em nenhum outro ha salvaçao, porque tambem debaixo do céu nenhum outro nome ha, dado entre os homens pelo qual devamos ser salvos."(Atos 4:13)

"Mas a nossa cidade esta nos ceùs, donde tambem esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo."(Filipenses 3:20)

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Fiz aniversário, completei 41 anos, enquanto ela está com o Senhor. Aprendi então que...

Como alguns já sabem, Valter Júnior perdeu sua filha Gláuci recentemente, com apenas 12 anos de idade. Seu filho Vitor está bem e já está até jogando no time de basquete do qual participa.

A seguir um belo testemunho do Valter.

Um abraço,
Gedao.

Forwarded message ----------From: Valter Junior

No dia do meu aniversário, com quem está Glaucia?
No último domingo deixei meu filho, Vitor, com um irmão, a Qualquer pessoa que me perguntasse pelo Vitor durante aquele período, eu diria: - Vitor está com o Claudio.
Quando deixo o Vitor com o Claudio, me sinto seguro, pois Claudio também é pai de adolescentes, o conheço e sei o quanto é cuidadoso. A casa do Claudio para mim é um daqueles lugares onde deixo o Vitor e não sinto necessidade de ficar ligando a toda hora para saber se está tudo bem. Acontece assim, vou a casa do Claudio, entrego o Vitor a ele e faço recomendações ao Vitor e não ao Claudio.
Claudio é um irmão na fé, pai, bom esposo e poderia listar muitas outras qualidades dele aqui, mas como eu, é pecador, falho, humano, passível de cometer erros que podem prejudicar a ele e a outros. Mesmo assim, me sinto seguro ao deixar o Vitor com ele.
Vale dizer que algumas vezes foi Claudio que chamou Vitor para ficar com ele em sua casa.
Por meio dessa simples experiência, na segunda pela manhã, achei um argumento poderoso para me consolar, pois percebo que a pessoa em quem mais confio chamou Glaucia para ficar com Ele. Ela está com o meu Senhor Jesus. Agora Ele a abraça como eu a abraçava. Quando me lembro dela, e isso acontece inúmeras vezes todos os dias, lembro também que a consagrei a Jesus e Ele a chamou para ficar com Ele. Assim, quando me perguntam pela Glaucia, digo: - Ela está com o Senhor. Está segura, feliz, plena, extasiada com tudo que pode ver, ouvir e sentir. Ao entregá-la a Jesus, o fiz por saber ser o melhor a fazer. O amor faz o melhor a ser feito mesmo que isso envolva a possibilidade da dor. A dor de agora será no tempo por vir, júbilo nos céus.
Fui buscar o Vitor na casa do Claudio.
Com ela será diferente, quando eu for, será também porque Ele me chamou, mas vou para ficar e usufruir da benção de estar na casa do Pai celeste com meu irmão Jesus.
Ao chegar lá, ainda sabendo que ela lá está, quero primeiro ver meu Jesus, pois sem Ele, eu nunca mais a veria.
A cada manhã peço a Deus que me ajude a viver mais aquele dia que amanhece até que os meus dias se findem. Enquanto isso, quero viver cada um deles para a glória de Deus recebendo o tempo de vida que ainda tenho como benção e não como uma condenação, já que enquanto vivo a saudade persiste.
Pensar na perda me faz sofrer, é é inevitável pensar na perda, mas ver o que Deus ainda me dá a graça de ter me faz desejar viver e servir. Tenho a presença maravilhosa de Jane e Vitor. De parentes, amigos e irmãos.
Choro pela Glaucia e vivo pelos que Deus me dá a graça de compartilhar a presença, afinal não vejo sentido em alguém viver para si mesmo.
Meu aniversário chegou no dia 1 de julho e muitas pessoas me deram os parabéns. Pela primeira vez em minha vida não aceitei os parabéns, pois não posso ser parabenizado por algo que não fiz. Foi Deus que me deu a vida e a tem sustentado. Fiz bem pouco para chegar até aqui. Foi Ele que me trouxe até aqui e continua a me conduzir, só Ele sabe por quanto tempo.
Procuro fazer minha parte no cuidado com minha vida e saúde, mas se Deus não sustentar minha vida, em vão serão os meus cuidados.
No dia do meu aniversário Deus me fez voltar a emergência do hospital em que Glaucia se despediu de nós. Fui levar Vitor que machucou um dedo da mão ao jogar uma partida de basquete. Fui com um amigo e Jane ficou. Preferi poupá-la de voltar àquele lugar. e ela de fato, preferia não ir
Da mesma forma que fui com Glaucia, fui com Vitor. Um amigo nos deixou na porta do hospital, pegamos a senha, aguardamos, fomos atendidos, encaminhados para o médico, Vitor foi examinado, o médico pediu um raio X, fizemos o raio X, o médico viu o exame, indicou a colocação de uma pequena tala no dedo, pois disse que não foi nada grave. Como eu esperava antes mesmo de irmos, voltamos logo pra casa.
Assim esperávamos ser com Glaucia. Mas não foi. Qual a diferença?
Entendi que Deus me levou ali para me mostrar como as coisas acontecem quando Ele não quer levar para Si alguém.Meu amigo Jeferson me acompanhou como Jesus o fez naquela noite. Observou tudo, ficou ao meu lado, não interferiu para mudar o curso das coisas, mas estava comigo.
Com Vitor eu não tinha porque estar apavorado. Era apenas um dedo machucado. Eu sabia que situações assim se resolvem com simplicidade. E assim foi.
Glaucia tinha uma garganta inflamada. Era apenas isso segundo o médico que a atendeu pela manhã. Eu não tinha como estar apavorado pelo fato dela estar com a garganta inflamada.
No entanto, quando Deus deseja chamar alguém a garganta inflamada evolui para algo inesperado. A gente acaba voltando ao hospital sem saber explicar como uma garganta inflamada pôde evoluir para algo tão grave.
Uma garganta inflamada evoluiu para uma infecção generalizada. Como eu poderia imaginar ou esperar isso?Fui e voltei com Vitor do hospital como tantas vezes, na realidade bem poucas vezes fui ao hospital com Glaucia. Fui e voltei e Vitor está aqui comigo agora lanchando enquanto escrevo porque Deus ainda não o chamou para estar com Ele. Com Glaucia foi diferente.
Isso me faz ver que por mais que eu assista em minha mente o filme daquele dia, tentando identificar o que eu poderia ter feito para evitar tudo, perceberei que quem podia ter evitado tudo, de modo que uma garganta inflamada fosse apenas e tão somente algo simples, não o fez. Não o fez porque era o momento de chamá-la. Assim nós viamos tudo perplexos e ao meu lado Jesus estava chorando comigo pela dor, mas sem interferir para mudar o resultado, pois era o momento dela partir.
Continuarei fazendo o pouco que me cabe a medida em que Deus me capacita. Aos olhos do Vitor pode parecer que fiz muito ao levá-lo ao médico, mas eu sabia que estava fazendo o mínimo, pois eu apenas assistia tudo, esperando que tudo terminasse bem e voltassemos logo para casa, o que aconteceu.
Graves ou simples os problemas, não será a gravidade ou a simplicidade que determinará o que vai acontecer. Estive gravemente doente várias vezes e estou aqui. Ela tinha uma garganta inflamada e está com o Senhor.
Nos fará bem para a alma reconhecer que nossas vidas estão nas boas e amorosas mãos de Deus. Que Deus nos ajude a fazermos o pouco que nos cabe por Sua vontade, o mais, a Deus pertence e é maravilhoso que seja assim.
Prossigo a cada dia mais cônscio de minha dependência de Deus e rogando aos céus força para viver e servir.
Como Jó, me vejo fazendo perguntas, apresento meus protestos aos céus, peço a Deus que me fale e como no caso de Jó, Deus não responde minhas perguntas, não se zanga com meus protestos e me fala: - Confie em mim! Diz isso enquanto enxuga as lágrimas Dele e as minhas.

Valter Jr.
2 de julho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Segundo cada comento, disponho que:
Se por acaso o comento nao serà respeitoso,
integro, escrito com seriedade, nao editerò seu comento.
Todavia, certa da raridade e esperando que tal defanhança nao acontecerà, fiquem à vontade
e sejem bem vindos.
Desejo uma boa leitura à todos na Paz do Senhor.

mauriziomirian.blogspot.com

Sò pra descontrair um pouquinho com Seasonal Foods